Boiadeiro Australiano

- Publicidade -

O Boiadeiro australiano, ou Australian Cattle Dog, é um verdadeiro nativo australiano azul. Como o nome sugere, esta raça tem sido tradicionalmente usada para pastoreio de gado e tem mantido o seu lugar popular como cão de trabalho devido à sua mordida suave mas assertiva com gado, as suas capacidades excepcionais de resolução de problemas e o seu impressionante nível de inteligência. Como cão de trabalho ou como companheiro de uma família de alta energia, o australiano é obediente e fiel; a raça perfeita para quem está sempre em movimento.

Confira nossos artigos sobre adestramento.

Características físicas

O pele do Boiadeiro australiano é assinalado, o que significa que os pêlos são de cores diferentes ao longo de cada haste. O revestimento externo de textura média é reto, próximo ao corpo e moderadamente curto, enquanto o subpêlo é curto e substancial. Este revestimento externo é mais difícil ao toque, tornando-o resistente à chuva e permitindo que ele sobreviva em condições adversas da Austrália. As duas cores padrões são vermelho e azul, às vezes com uma máscara sobre os olhos e às vezes não. Qualquer aparência é aceitável. O corpo é musculoso e compacto, de tamanho moderado em cerca de 17 a 20 centímetros de altura na cernelha. É um pouco mais longo do que mais alto, com uma cauda baixa e uma cabeça larga.

Os Boiadeiros australianos não se cansam facilmente, são capazes de trabalhar ou exercitar por longas horas e, na verdade, trabalham melhor quando desafiados para tarefas difíceis. Eles são corredores rápidos e ágeis – como devem ser para trabalhar com gado pesado. O movimento do boiadeiro australiano é atlético, ágil e graciosamente uníssono, do traseiro ao ombro e à frente.

Personalidade e temperamento

Os Boiadeiros australianos têm uma teimosia que faz deles grandes empreendedores que estão prontos para enfrentar os desafios mais difíceis. Eles são independentes por natureza, mas são inteiramente dignos de confiança e capazes de serem deixados no controle de um rebanho. No entanto, é necessário que o proprietário assuma o papel de mestre – ou líder da matilha, como é chamado – sem questionar, já que essa raça tem um forte instinto de matilha. Os Boiadeiros australianos têm mentes afiadas e devem receber exercícios físicos e mentais regulares para que possam se concentrar e responder bem. O exercício regular de espaço aberto é essencial para o bem-estar do Boiadeiro australiano. Se eles forem deixados sem direção, eles procurarão maneiras de se ocupar, o que pode levar a danos. Por outro lado, esta raça é conhecida por pegar depois de si, colocando os brinquedos longe do tempo de atividade.

Eles são bons com crianças, mas podem ter uma tendência a tentar controlar seus movimentos, para “rebanho” as crianças. Com estranhos, a postura esperada padrão para essa raça é de timidez e cautela. Fora do ambiente de trabalho tradicional para o qual esta raça foi projetada, ela é especialmente adequada para uma vida ativa e cheia de aventuras, como caminhadas, acampamentos ou outras atividades ao ar livre.

Cuidados que se deve ter

Os Boiadeiros australianos podem sobreviver sob condições climáticas frias e temperadas. Eles foram criados especialmente para o ambiente às vezes severo do outback australiano. Eles podem viver em um abrigo seguro ao ar livre, mas também se dão bem dentro de casa com a família. Exercícios físicos e mentais amplos, talvez longas sessões de caminhada ou corrida, ou exercícios de agilidade especialmente planejados, como Frisbee ou corridas de campo, ajudarão o Boiadeiro australiano a manter-se em forma e a gastar seu excesso de energia. Sua higiene é bastante fácil, com o ocasional pentear e escovar para incentivar a renovação do cabelo, juntamente com banhos semanais.

- Publicidade -

A importância da obediência e dos desafios intelectuais para manter o ajuste do Boiadeiro australiano não pode ser enfatizada o suficiente. Um Boiadeiro australiano sem atividade ficará frustrado e infeliz. Eles são inadequados para viver em um apartamento ou viver em um ambiente que restringe seu movimento.

Saúde do Boiadeiro Australiano

Os Boiadeiros australianos têm uma vida útil de 10 a 13 anos. Alguns dos principais problemas de saúde incluem atrofia progressiva da retina (PRA), displasia da anca canina (CHD do cotovelo) e surdez.

História e Antecedentes

Boiadeiro australiano são frequentemente referidos como Australian Cattle Dog. Suas origens remontam aos anos de 1800, quando os pastores de gado que emigraram da Grã-Bretanha para a Austrália descobriram que os cães de pastoreio de ovelhas que trouxeram consigo não estavam se ajustando ao ambiente mais hostil do sertão.

Os cães de Smithfield, como eram chamados, tinham pêlos grossos que os adaptavam bem em Londres, mas isso pesava demais na Austrália. Os fazendeiros reclamavam também que os Smithfields mordiam demais e latiam demais, deixando o gado ansioso e propenso a pesos mais baixos. A necessidade de um cão que pudesse sobreviver sob condições adversas nos tratos brutos e manejar o gado sem ficar muito barulhento ou áspero com as vacas levou a um longo período de experimentação de raça, começando com um homem chamado Timmins que cruzou o Smithfield com o nativo. Dingo australiano. Não foi um cruzamento bem sucedido, pois a progênie resultante era muito agressiva, mas foi o início da recriação do Dingo como companheiro de trabalho. Mais bem sucedido foi Thomas Hall, de New South Wales, que cruzou o Dingo com o Collie. Os filhotes provaram ser mais úteis aqui, e vieram a ser conhecidos como Boiadeiro australiano.

Ao longo do caminho, os pecuaristas subsequentes criaram outras raças de cães no Boiadeiro australiano, a fim de fortalecer a raça e aperfeiçoá-la, principalmente o Bull Terrier, que emprestou sua natureza tenaz. Os irmãos Harry e Jack Bagust criaram o Dalmata com um dos Boiadeiro australiano, que adicionaram uma afeição por companheiros humanos, e mais adiante adicionaram o Black e Tan Kelpie à linha, por sua habilidade de trabalho. Foi nesse ponto que a raça Australian Cattle Dog realmente tomou forma.

O primeiro padrão de raça foi soletrado em 1902 pelo criador Robert Kaleski. Os melhores resultados foram utilizados para promover o programa de melhoramento, até que a raça pudesse ser considerada pura. É desta linha de puro Heeler australiano que o Boiadeiro Australiano de hoje pode ser rastreado. É o acréscimo do dálmata que faz com que os filhotes de cachorro australianos venham a nascer brancos, mas, por outro lado, a raça tem pouca semelhança com esse “parente de sangue”.

O Boiadeiro Australiano ganhou popularidade nos EUA muito lentamente, finalmente recebendo reconhecimento do American Kennel Club em 1980. Desde então, os Australian Cattle Dogs mostraram grande mérito como cão de exposição.

- Publicidade -