seu cachorro come grama?

Seu cachorro come grama? Entenda este comportamento!

- Publicidade -

Se você tem um cachorro, provavelmente já se deparou com ele comendo grama no quintal ou até mesmo durante os passeios em ruas e parques.

Apesar de parecer estranho aos olhos humanos, até certo ponto este comportamento é normal e existem diversas explicações para ele.

Leia este artigo e entenda por que o seu cachorro come grama!

Por que meu cachorro come grama

Na maioria das vezes, o cachorro come grama quando sente algum tipo de desconforto gástrico ou intestinal.

A grama é rica em fibras e a sua ingestão acelera o trânsito intestinal e/ou irrita o estômago estimulando o vômito, o que traz alívio para o seu pet. Veja alguns problemas que podem levar seu cachorro a comer grama:

  • Dor de estômago;
  • Gastrite;
  • Distensão gástrica ocasionada por gases;
  • Prisão de ventre;
  • Diarreia;
  • Fezes ressecadas;
  • Cólicas intestinais;
  • Verminoses;
  • Alimentação desequilibrada, com deficiência de vitaminas e minerais.

No entanto, nem sempre comer grama é um sinal de problemas gastrointestinais.

Alguns cachorros comem apenas por gostar do vegetal ou até por estarem com fome. Além disso, existe um fator que remete à ancestralidade dos cães, quando a grama fazia parte da dieta destes animais, pois ao caçar, eles ingeriam pequenos animais herbívoros, como coelhos e roedores, fontes indiretas de fibras.

Benefícios da grama para cães

Além de ser um comportamento até certo ponto normal, o hábito de comer grama é também saudável.

- Publicidade -

Isso porque as fibras vegetais auxiliam na regulação da flora intestinal e no equilíbrio do trato digestivo como um todo.

Isso sem contar no valor nutricional da grama, que além de fibras, é rica em probióticos, enzimas e outros fitonutrientes benéficos para a saúde do seu cachorro.

E quando o cachorro come grama, ele está ingerindo também clorofila, um importante componente nutricional que auxilia o organismo do cão no combate a infecções, úlceras gástricas e inflamações intestinais.

No entanto, é importante ficar alerta. Nem sempre a grama encontrada nas ruas, jardins e parques é a mais indicada para o seu pet, já que podem conter agrotóxicos e poluição ou ainda transmitir vermes e parasitas. Também é importante se atentar a espécies de plantas que são tóxicas para os cães.

A melhor forma de fornecer um matinho de qualidade para o seu cão são as gramas em vasinho ou seleção de sementes para serem cultivadas, com um mix de aveia, trigo, alpiste, milheto, entre outros. Basta regar para ter uma grama tenra e saudável. Estes produtos são facilmente encontrados em pet shops

Quando comer grama não é normal

Apesar de não ser anormal, se o seu cachorro come grama compulsivamente, é importante procurar um veterinário, pois pode ser sinal de algum problema mais sério, como doenças que causam desconforto gastrointestinal.

É o caso da gastrite causada por Elicobacter, uma bactéria que pode viver dentro do estômago dos cães. Outras doenças e problemas que podem estimular a ingestão excessiva de grama é a gastrite crônica, obstrução no intestino ou ainda a presença de corpo estranho gástrico ou intestinal.

Por isso, é importante observar o seu cão. Se ele sai comendo qualquer grama de forma compulsiva, fique de olho. Cães que comem grama por prazer tendem a ser mais seletivos e ficar caçando gramas mais tenras e saborosas.

Se o seu cachorro come grama de forma desenfreada, é importante buscar um veterinário o quanto antes.

E para evitar que ele tenha problemas gastrointestinais, lembre-se de lhe proporcionar uma dieta equilibrada, seja com alimentação natural ou ração de boa qualidade. Também é importante manter a administração de vermífugo em dia, de acordo com a orientação de um médico veterinário.

- Publicidade -