10 fatos sobre carrapatos

- Publicidade -

Claro, todos nós sabemos que os carrapatos são um incômodo, mas você realmente sabe o que eles são e o que eles podem fazer? Aqui estão 10 fatos sobre carrapatos que você provavelmente não sabia.

Carrapatos tem quatro fases de vida

Os carrapatos têm quatro fases de vida: ovo, larva (infantil), ninfa (imatura) e adulta (madura). Todos os estágios, exceto o ovo, precisam se alimentar de um hospedeiro, ou então o carrapato vai morrer. Em cada estágio, a maioria dos carrapatos morre antes de conseguir encontrar um hospedeiro.

Carrapatos são aracnídeos

Os carrapatos são aracnídeos. Isso significa que eles estão mais relacionados com aranhas e escorpiões do que com insetos. No estágio de larva, os carrapatos têm apenas seis patas, mas eles têm oito nos estágios de ninfa e adulto.

Carrapato pode levar 3 anos para se tornar adulto

Pode levar até três anos para um carrapato amadurecer até o estágio adulto e se reproduzir.

Carrapatos podem aparecer como pequenas manchas

Carrapatos podem aparecer como pequenas manchas escuras no pêlo do seu animal de estimação (estágio de larva). Estes podem ser difíceis de encontrar, o que é uma boa razão para dar ao seu animal de estimação um anti pulgas/carrapatos e previnir assim de carrapatos.

Carrapatos se alimentam de sangue

Os carrapatos se alimentam do sangue de seus hospedeiros – humanos, aves, répteis e mamíferos selvagens e domésticos. Muitas espécies de carrapatos preferem se alimentar de hospedeiros diferentes em diferentes estágios da vida, embora alguns (como o carrapato de cachorro marrom) possam se alimentar de uma espécie hospedeira.

- Publicidade -

Existem quase 900 espécies de carrapatos

Há quase 900 espécies de carrapatos. Noventa destes são encontrados nos Estados Unidos, muitos dos quais são capazes de transmitir doenças como a doença de Lyme , febre maculosa e Alpha-gal. Transmitido pelo carrapato da Estrela Solitária, o Alpha-gal causa uma alergia à carne vermelha em humanos, mas não causa doenças em cães ou gatos.

Infestações por carrapatos são comuns em cães e gatos

Infestações por carrapatos são mais comuns em cães do que em gatos. Eles também são mais fáceis de prevenir, pois há mais produtos aprovados pelo FDA para matar carrapatos em cães do que em gatos. Alguns produtos de prevenção de carrapatos não são seguros para uso em gatos, por isso, certifique-se com seu veterinário qual a melhor forma de prevenção.

Carrapatos são transmitidos durante alimentação

Os carrapatos não nascem com agentes de doenças. Eles são transmitidos durante a alimentação e passam para outros animais durante a alimentação subsequente. Muitas doenças só são transmitidas após muitas horas de alimentação. A maioria da prevenção de carrapatos aproveita esse lapso de tempo e mata o carrapato mais rápido do que o carrapato pode transmitir a doença.

Animais e Humanos podem contrair doenças a partir de uma única picada de carrapato

Animais de estimação (e humanos) podem contrair várias doenças a partir de uma única picada de carrapato. Essas doenças podem ser muito grave e até fatais. O carrapato que seu cão leva para dentro da casa pode te morder e espalhar doenças.

Nunca retire um carrapato com a mão

Nunca retire um carrapato com a mão nua e nunca torça para removê-lo. Em vez disso, use pinças ou instrumentos especiais de remoção de carrapatos, como pinças da TickEase, para agarrar o carrapato próximo à pele e puxe-o suavemente. É importante não deixar a cabeça embutida na pele.

- Publicidade -